Categorias
Leia

Estudos para Certificação Cisco Roteadores e Switchs – CCNA – Modulo1 – Parte3

Os protocolos usados nas comunicações de rede definem os detalhes de como uma mensagem é transmitida, incluindo os requisitos das opções de entrega da mensagem, temporização da mensagem, codificação da mensagem, formatação e encapsulamento, e tamanho da mensagem.

Os protocolos fornecem as regras que definem como uma mensagem é transmitida em uma rede. Os requisitos de implementação, como detalhes eletrônicos e de largura de banda para a comunicação de dados, são especificados por padrões. Os sistemas operacionais não são especificados por protocolos, mas implementam protocolos. Os protocolos determinam como e quando enviar uma mensagem, mas não controlam o conteúdo da mensagem.

Os protocolos de padrão aberto facilitam a interoperabilidade entre software e hardware de diversos fornecedores. Por exemplo, com os padrões abertos, o cliente que tenha um sistema operacional Linux pode se conectar a um servidor que executa um sistema operacional Microsoft Windows. Eles também são usados para a troca bem-sucedida de dados. Se todos os softwares, hardwares e protocolos fossem proprietários, isso não seria possível.

O endereço MAC também é conhecido como o endereço físico ou Ethernet. Por estar codificado no hardware, na placa de rede, ele permanecerá inalterado, independentemente da localização geográfica da placa de rede.

Se um dispositivo está enviando quadros para outro dispositivo na mesma rede local, usa ARP para determinar o endereço MAC do dispositivo receptor. O dispositivo emissor usa endereços de camada 2 para enviar os quadros.

O endereço IP destino é utilizado para a entrega de dados de ponta a ponta a uma rede remota. O endereço MAC destino é utilizado para a entrega em uma rede local. O número da porta destino identifica o aplicativo que deve processar os dados no destino. Os endereços origem identificam o emissor dos dados.

O modelo OSI consiste em sete camadas: aplicação, apresentação, sessão, transporte, rede, enlace de dados e física. A camada de transporte define serviços para segmentar, transferir e reagrupar os dados para comunicações individuais entre os dispositivos finais.

Uma comunicação que tem uma origem única indo para um destino único chama-se unicast. Uma comunicação de uma origem única para um grupo de destinos chama-se multicast. Uma comunicação de uma origem única para todos os destinos chama-se broadcast.

Quando todos os dispositivos precisam receber simultaneamente a mesma mensagem, a mensagem será entregue como um broadcast. A entrega unicast ocorre quando um host origem envia uma mensagem a um host destino. O envio da mesma mensagem de um host para um grupo de hosts destino é entrega multicast. As comunicações duplex referem-se à capacidade do meio físico de transportar mensagens em ambas as direções.

Os endereços físicos são encapsulados na camada de enlace de dados. Os endereços lógicos, também conhecidos como endereços IP, são encapsulados na camada de rede. Os endereços de porta são encapsulados na camada de transporte. Nenhum endereço é encapsulado na camada física.

As quatro camadas do modelo TCP/IP são: aplicação, transporte, internet e acesso à rede. A camada de Internet determina o melhor caminho na rede.

Um gateway padrão só é necessário para a comunicação com dispositivos de outra rede. A ausência de um gateway padrão não afeta a conectividade entre os dispositivos da mesma rede local.

PDU – unidade de dados de protocolo – é usado para descrever uma parte de dados em qualquer camada de um modelo de rede. Um pacote é a PDU na camada de rede. Um quadro é a PDU da camada de enlace de dados. Um segmento é a PDU na camada de transporte.

O TCP/IP é uma pilha de protocolos que contém muitos outros protocolos, como HTTP, FTP e DNS. A pilha de protocolos TCP/IP é necessária para a comunicação na Internet. Um endereço MAC é um endereço que é gravado em uma placa de rede Ethernet. OSI é o modelo de sete camadas usado para explicar o funcionamento das redes.

CAMADAS
OSI TCP/IP PDU Dispositivos Protocolos
Aplicação – 7 Aplicação – 4 Dados Dispositivos Finais DNS, DHCP, SMTP, POP, IMAP, FTP, HTTP conteúdo de dados
Apresentação – 6
Sessão – 5
Transporte – 4 Transporte – 3 Segmento ou Diagrama Firewall TCP, UPD Dados + cabeçalho Protocolo
Rede – 3 Internet – 2 Pacote Roteador, Switch L3 OSPF, EIGRP, ICMP, NAT, IPX, IPV4, IPV6 Dados + cabeçalho Protocolo
Enlace de dados – 2 Acesso – 1 Quadro Switch L2 PPP, ETHERNET, FRAME-RELAY, HDLC Dados + cabeçalho Protocolo + Trailer (fim)
Física – 1 Hub, Cabeamento