Categorias
Leia

Aula FreeBsd – Rede, rc.conf, Vlans, carp, nfs

Os arquivos /etc/rc.conf e /etc/defaults/rc.conf 
A inicialização e configuração de vários serviços são feitos no momento do boot, através dos scripts rc. Dois arquivos são muito importantes nesse processo: o /etc/rc.conf e o /etc/defaults/rc.conf.

O /etc/defaults/rc.conf mantém especificações padrão para todas as opções disponíveis. Não é recomendada qualquer alteração nesse arquivo.

O arquivo /etc/rc.conf contém diversas configurações locais do computador como: nome do host, configurações de rede, serviços a serem iniciados no boot, etc. As opções declaradas aqui sobrescrevem as do /etc/defaults/rc.conf e qualquer configuração diferente da padrão deverá ser feita nesse arquivo.

REDE

#configurar ip na mão (de favor temporaria)
ifconfig em1 192.168.56.120 netmask 255.255.255.0
ou ifconfig em1 192.168.56.120/24

$Renicia o serviço de rede
service netif restart

#Configuração Fixa do IP – Editar o arquivo rc.config
ifconfig_em1 =inet 192.168.56.120/24″
ou ifconfig_em1=”inet 192.168.56.120 netmask 255.255.255.0″
ou ipv4_addrs_em0=”10.0.0.11/24″

ifconfig_em1 =inet 192.168.56.120-125/24″ (range de ip)

ifconfig_em1=”media 100baseTX mediaopt full-duplex”

#Vlans
cloned_interfaces=”vlan10 vlan20″ (criar)
ifconfig_valn10=”inet 10.30.0.40/25 vlan 10 vlandev em1″
ifconfig_valn20=”inet 192.168.0.30/27 vlan 20 vlandev em2″

#rota
defaultrouter=”10.0.2.2″

#rota estatica
static_routers=”net1″
route_net1=”-net 10.0.1.1/24 10.0.2.2″

#no terminal
ifconfig em2 alias 192.168.0.50 netmask 255.255.255.240 (add IP)
ifconfig em2 -alias 192.168.0.50 (remove)
ifconfig em1 ether 00:fa:89:df:56:33 (mudar o mac-address)

fazer um arquivo para mudar mac-address quando reinicia
vim /etc/start_if.em1
/sbin/ifconfig em1 ether 00:fa:89:df:56:33

ifconfig -m em1 (lista todos os tipos de midia que a interface suporta)
ifconfig em1 media “100baseTX” (para alterar)

#VLans
ifconfig vlan10 create (criar)
ifconfig vlan20 create (criar)
ifconfig vlan30 create (criar)

ifconfig vlan30 destroy (deleta)

ifconfig vlan10 vlan 10 vlandev em1 (definir interface)
ifconfig vlan20 vlan 20 vlandev em2

netsat -nr | less (visualizar rotas)

#criar rota
route add default 10.0.2.1 (adiciona)
route del default 10.0.2.1 (deleta)

sockstat -c (mostra as conexoes)
sockstat -l (sock abertos)

service routing restart (reiniciar tab roteamento)

CARP – Common Addrss Redundacy Protocol (placas promiscua)
O protocolo comum de redundância de endereços (CARP) permite que vários hosts compartilhem o mesmo endereço IP e o ID de host virtual (VHID) para fornecer alta disponibilidade para um ou mais serviços. Isso significa que um ou mais hosts podem falhar, e os outros hosts assumirão de forma transparente para que os usuários não vejam uma falha no serviço.

rc.conf (pc1 – master)
ifconfig_em1_alias0=”inet 192.168.56.30/24 vhid 100 adrskew 100 pass
teste”

rc.conf (pc2 – slave)
ifconfig_em1_alias0=”inet 192.168.56.30/24 vhid 100 adrskew 200 pass
teste”

#Deixar um PC como master sempre
sysctl net.inet.carp.preempt=1

ou editar o arquivo /etc/sysctl.conf (permanente)
net.inet.carp.preempt=1

NFS – network file system
O FreeBSD suporta o Sistema de arquivos de rede (NFS), que permite que um servidor compartilhe diretórios e arquivos com clientes em uma rede. Com o NFS, usuários e programas podem acessar arquivos em sistemas remotos como se estivessem armazenados localmente.

Exemplos de utilização:
Montar uma partição NTFS:
# mount –t ntfs /dev/ad0s1 /mnt
Montar uma mídia de CDROM
# mount –t cd9660 /dev/acd0 /cdrom
Montar o diretório /tmp com opção noexec,nosuid
# mount /dev/da0s1d /tmp –o noexec,nosuid
Montar todos os sistemas de arquivos definidos no /etc/fstab que possuem o tipo nfs
# mount –at

#editar arquivo rc.conf
#vim /etc/exports
/storage